segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Mensagem de Ano Novo


Para todos os que nos visitam, hoje de manhã a Maria deixou-vos uma mensagem de ano novo. Pena é ter sido no nosso sofá. :)
Bom 2013!!!

sábado, 29 de dezembro de 2012

Então e o Natal?

Passou-se bem, obrigadinha.  Fizemos uma espécie de coroa para enfeitar a porta, com hastes dos cedros que plantámos para esconder a sebe verde do vizinho. Não ficou nada de especial mas para primeira vez até que ficou decente.A ideia inicial era outra mas não funcionava na nossa porta. Também fizemos uma árvore de Natal em madeira que ficou por cima da lareira, não fosse a nossa criança comer algum enfeite. O presépio também  reduzido pelo mesmo motivo.No dia de Natal fomos até à praia aproveitar o sol e o mar azul que sempre alegra o dia.



A árvore de Natal improvisada com enfeites do ano passado mais obras de arte do bebé de casa, ficou em cima da lareira, para não atrair bebés curiosos. Agora que olho bem para a foto, reparo que o coitado do telheiro do menino Jesus (também feito pela Maria) abateu um bocadinho e que o resto do presépio está em modo 'sardinha em lata'.

A nossa primeira coroa de Natal, feita em poucos minutos com pontas dos cedros
 Um corajoso a fazer uma corrida pela praia no dia de Natal

Tradição que só conheci aqui: um prato de trigo para fazer uma 'seara' ao menino Jesus

A ver o mar, para acalmar a fera
A Maria e um boneco (barriguitas?) que já foi meu, ou seja, coisa para ter mais de 20 anos.


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Descobertas tardias II

Numa pesquisa na net descobri que a lampreia de ovos  leva  72 gemas. Passou-me logo a vontade de cozinhar.

sábado, 22 de dezembro de 2012

descorbertas tardias

Foi preciso chegar aos 33 para, num jantar de Natal, comer toranja. A surpresa maior foi que detestei.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Perdidos e Achados

A minha avó, sempre que nos vinha visitar, comprava na Praça de Espanha 'chocolates'  de alfarroba e nougats. Ontem, num minimercado junto ao trabalho, fiquei surpreendida ao ver que ainda existem. 

domingo, 11 de novembro de 2012

Queixinhas

O Breivik queixa-se de ter uma cela fria, com 3 divisões (quarto, escritório e sala de exercícios) de 8m2, da manteiga ser insuficiente, do café chegar frio, de não ter decoração, não poder guardar creme hidratante na cela e de estar numa prisão cheia de condenados perigosos. O que será que as famílias das 77 vítimas mortais deste senhor, pensam do assunto?

sábado, 10 de novembro de 2012

Erva doce

Hoje de manhã cozi umas castanhas com erva doce como faço desde sempre. Pois foi preciso chegar aos 33 anos para descobrir que a erva doce é anis. Podia ser pior.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

A boa educação.

Por que é que os médicos (ou pelo menos os que eu conheço) não pedem desculpa quando se atrasam nas consultas? É que esperar 2h30m depois da hora marcada por uma consulta num hospital privado é chato, mais que não seja porque saí mais cedo do trabalho e não havia necessidade.  
Será que a (boa) educação é considerada desprestigiante? Ou trata-se de outro fenómeno?

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dia de todos os santos

E do sr. AC, que faz anos hoje!
Também é dia de Pão por Deus por isso durante a manhã andei a distribuir doces aos miúdos. Para o ano, sem feriado, não sei como vai ser.


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Azeite

Na sexta feira fomos a uma palestra dedicada aos lagares e à produção tradicional do azeite, no âmbito de um projecto municipal ligado aos saberes/fazeres locais. O orador fez uma apresentação muito interessante e no final pudemos fazer uma pequena prova de azeites. Eram apenas 4 variedades mas deu para perceber que os azeites podem ser muito diferentes entre si. Um deles tinha sido colhido no dia anterior e tinha um travo amargo e picante. Sabia a 'verde', se é que me faço entender. Um outro sabia muito levemente a tomate  e outro a banana. O mais velho (da época passada) aproximava-se do azeite corrente que se utiliza na maioria das casas. Eu sei que esta história de saber a 'verde', 'tomate' ou 'banana' lembra as descrições que encontramos nos rótulos de certos vinhos e que eu nunca consegui identificar  - "...suaves reminiscências de especiarias e geleias de frutos vermelhos com ameixa... " - mas no caso destes azeites era bastante fácil de distinguir.


Algumas das ideias a reter:

-  não se escolhe o azeite pela acidez (é o mesmo que escolher o vinho pelos graus)
- o azeite virgem extra é o melhor 
- o azeite perde qualidade com o tempo; não vale a pena guardar
- uma fatia de laranja, alho, sal e um fio de azeite dá uma boa entrada
- uma fatia de laranja, azeite e mel dá uma boa sobremesa



sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O concerto

Foi realmente muito bom. 
O Coliseu estava à pinha e muito quente. À minha frente estava um moço com um casaco de lã grossa que emanava uma aura de calor. Não sei se foi promessa que ele fez a algum santinho mas a verdade é que não despiu o casaco e andou a partilhar a sua sauna pessoal com os mais próximos.  Também vi muita gente a fumar no meio da plateia (não é proibido?), de braço no ar porque estavam mais apertados que sardinhas em lata e não conseguiam ter o cigarro noutra posição.   Ah, e vi uma moça a chorar e  gritar "ornatooooooooos".
Mas voltando à música propriamente dita, sabe bem quando aquilo que ouves em CD é reproduzido com a mesma qualidade num concerto. Já vi alguns concertos em que a banda não se aguenta em palco. A voz do Manel Cruz é fabulosa e a energia que a banda transmitiu fez com que o concerto fosse excelente. Durante quase três horas tivemos direito a 35 músicas, algumas das quais inéditas. Ficou-me no ouvido "Os Sítios onde eu o Esqueço", inspirada numa viagem à Nazaré.

Foi muito, muito, muito bom

domingo, 21 de outubro de 2012

Irmãos

A relação com os irmãos pode ser a relação mais duradoura que uma pessoa pode ter. Quando nascemos os nossos pais são adultos, quando casamos ou temos filhos nós já somos adultos. Mas quando temos um irmão, a diferença de idade é (geralmente) pouca e acompanham-nos até ao fim. 

 imagem daqui

Eu sempre quis ter mais irmãos, ou pelo menos ter uma relação muito próxima com o que tenho. Hoje olho para a Maria, penso na minha idade e nesta crise que teima em não passar, vejo o meu recibo de ordenado e os cortes do(s) próximo(s) anos e fica tudo mais cinzento e triste. Se há coisa em que nunca pensei foi em ter apenas um filho. Mais do que dinheiro, é o futuro que me estão a roubar.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

33.1*

33 semanas, uma barriga gigante, um casaco a rebentar pelas costuras.



* Começa hoje a saga fotográfica 33. Só não sei quando termina, é até apetecer.

33

 
imagem daqui

 33.
O trinta e três (33) é o número natural que segue o 32 e precede o 34.

É um número composto, que tem os seguintes factores próprios: 1, 3 e 11.

Pode ser escrito de forma única como a soma de dois números primos:33=2+31\,  

Refere-se a idade de Jesus e de Alexandre o Grande 

Na maçonaria refere-se ao grau máximo simbolicamente defendido na marca 33 na graduação de abertura do compasso (instrumento de medição de ângulos ) ou em outras situações refere-se ao 66.

É o número de vértebras que o ser humano tem ao longo   de sua coluna

É também o número de anos que comemoro hoje.


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Chá

Quentinho ou gelado, o chá de erva princípe tem sido a minha companhia nos últimos dias, vindo de um tufo que cresce descontrolado no nosso 'jardim' . Como tem propriedades digestivas e calmantes pode ser que ajude a digerir o Orçamento de Estado do próximo ano.





.

sábado, 6 de outubro de 2012

Para quem não viu


Ontem, no Portugueses pelo Mundo, falou-se da Escócia.
Não fosse a falta de coragem (e também vontade, claro) em deixar a família  e já havia uma Alegre Casinha nos arredores de Edimburgo.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Doce



Há muito tempo que não partilhava uma foto da nossa Dixie. Continua doce e melosa, a melhor companhia de sempre.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Domingo

O dia esteve bonito com o sol a aquecer o corpo. O som da banda a acompanhar a procissão e o cheiro das farturas pelo ar, misturado com vento vindo do mar. Depois, o bailarico, os casais a dançar e os miúdos a rir. O nosso domingo foi assim:







segunda-feira, 1 de outubro de 2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

De Bruxelas

Chegou uma carta com dois postais lindos. Na Alegre Casinha gosta-se de tatuagens old school, pin ups e afins, por isso estas duas ilustrações da Claudia Hek vão decorar uma das paredes cá de casa. Obrigada Mari! Adorámos!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Já sabe bem

O aspecto não é o melhor mas as papas de aveia, com uma casquinha de limão, um pouco de mel e canela, sabem muito bem nestes dias cinzentos em que a manhã ainda se confunde com a noite.

domingo, 23 de setembro de 2012

Planos para as férias

Daqui a uma semana entramos no segundo período de férias do ano durante três semanas. Ainda não temos grandes planos (Aveiro, Porto, Sagres, Boticas?) e a única e triste certeza que tenho é de que preciso limpar esta Alegre Casinha de alto a baixo antes que o Inverno assente arraial, passando pela estante que guarda livros e pó em igual proporção. Tirar a tralha que por lá vai fazendo ninho também não é má ideia.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Tomates secos










Resolvi secar tomates cá da horta depois de ter visto o preço nos supermercados, qualquer coisa como 5€ por 150g. Pesquisei na net e pareceu-me fácil: limpar as sementes (não tirei tudo porque não tive paciência); temperar com sal, açúcar e oregãos; deixar a secar ao sol ou então no forno em lume baixo durante 18 (sim, 18) horas. Como eu sou pouco amiga de dar dinheiro à EDP resolvi deixá-los a secar ao sol. Para os proteger da bicharada usei uma peneira, que até devia ter a malha mais apertada por causa dos mosquitos. Ainda não tenho resultados e nem sei se vou ter já que me tenho esquecido de os guardar à noite por causa da humidade. Fica a intenção e a esperança de que a coisa resulte.