sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Hoje é assim


Não tenho quinta nenhuma. 
Se a quero ter p’ra sonhar, 
Tenho que a extrair da bruma 
Do meu mole meditar.


E então, desfazendo a névoa 
Que há sempre dentro de nós, 
Progressivamente elevo-a 
Até uma quinta a sós.


Vejo os tanques, vejo as calhas 
Por onde a água vai pequena, 
Vejo os caminhos com falhas, 
Vejo a eira erma e serena.


E, contente deste nada 
Que em mim mesmo faço externo, 
Gozo a frescura relvada 
Da não-quinta em que me interno.

Vilegiatura impossível, 
Dou-lhe nós para lembrar, 
E esqueço-a ao primeiro nível 
Do meu mole meditar.


In Poesia 1931-1935 e não datada , Assírio & Alvim, ed. Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine, 2006

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

2015#6

Hoje é dia de meter mãos à obra de arrumar a árvore de Natal e o presépio, voltar a ganhar espaço para as brincadeiras da Maria. 
E não me apetece nada. Toda uma preguiça se instalou no corpo.


2015#5

A seara cresceu.

domingo, 4 de janeiro de 2015

2015#4

Aproveitar o sol de Janeiro e apanhar ar fresco. Brincar às princesas com uma manta. Ir buscar milho e dar às galinhas. Se há coisas boas em viver no campo esta é uma delas. Sair de casa e ter um pouco de chão que é nosso justifica as nossas escolhas.


2015#3

Room with a view. 
Manhãs de Inverno, frias mas cheias de sol. Gosto muito!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

2015#2

Gosto de cadernos, caderninhos, agendas, lápis e canetas. Gosto de material de papelaria. Pena mesmo é não os saber estimar: perco canetas, parto lápis,o encanto dos cadernos desaparece quando escrevo qualquer coisa à pressa ou faço desenhos sem sentido enquanto entorpeço numa qualquer reunião.  E depois tenho de comprar outro. 
Com o começo de um novo ano tinha obrigatoriamente de comprar um caderno novo. Infelizmente não havia muito por onde escolher ( saudades da Papelaria Fernandes...)  e acabei com um caderno 'assim assim'. Já na caixa para o pagar encontrei um outro caderninho, com uma estampagem a imitar chita, e por ser tão pequenino achei que era ideal para guardar as coisas engraçadas que a Maria vai dizendo ao longo do ano.  E pronto, só falta a caneta.


quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

I see...

...Jesus in a van! 
Há quem veja imagens em torradas e nos sítios mais estranhos, eu vi uma imagem numa carrinha de caixa aberta. Quando parou um pouco mais à frente percebi o que era: um balde com pincéis lá dentro. Apesar da qualidade fraquinha da imagem mais alguém consegue ver?

PS. Estas carrinhas às vezes também são um bocadinho mórbidas pela quantidade de bonecos pernetas ou sem cabeça que os condutores orgulhosamente penduram na grelha metálica...

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Feliz Natal!

Não sei quantas pessoas passam por aqui habitualmente ou quem são mas desejo a todas um Feliz Natal!
Espero que se divirtam muito e aproveitem a companhia da família! No final de contas 
é mesmo isso que interessa.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Nos últimos dias


Fizemos a 'seara' ao menino Jesus, tradição que só conheci aqui.

Estes dias, com sol e céu azul (aquelas nuvens estavam de passagem), tornam o Inverno menos difícil. 


Estações trocadas. A nossa macieira, que apanhou aquele sol fora de época em Novembro, decidiu dar fruto.





No dia 8 fomos apanhar musgo para o presépio. Dissemos à Maria que íamos à floresta encantada e foi bom ver como um simples passeio  tornou a manhã especial. Brincámos aos piratas, aos príncipes e ao lobo mau. 

Encontrámos muitos cogumelos destes. Não que os vá apanhar (tenho muito medo de comer e dar-me um piripaque) mas gostava de saber se são comestíveis. Alguém sabe?

Estas pinhas têm vinte anos, vieram da Serra da Estrela e foram oferecidas à Maria. Moram agora na pedra da lareira junto à vela que acendemos todos os dias.




segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

#Photoadaydecember - 8 o'clock

De manhã bebeu-se chá pela manhã, ali pelas 8 horas. Eu ainda não me rendi aos encantos do chá, parece que fica a faltar qualquer coisa no pequeno almoço. 
Hoje o sr. AC experimentou o chá de jasmim que comprei no mercado. É dos meus preferidos principalmente quando misturado com chá verde, mas como os gostos não são todos iguais, o veredicto foi: sabe a perfume de idosa. 


sábado, 22 de novembro de 2014

Devagarinho

A hera toma conta de tudo o que se aproxima. As pedras, o muro, o portão e agora a velha bicicleta encostada que não fazemos questão de tirar dali. O verde ajuda a esquecer o cinzento destes dias.
No vaso, as hortensias que aprendemos hoje a plantar quando a Maria meteu conversa com um senhor que por acaso é jardineiro: um talo da flor com pelo menos dois rebentos enterrados. Será que é desta?

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Ideias para os miúdos

Mais dois  projectos giros para se fazer com os mais pequenos. O primeiro é fácil, sem custos e alia um passeio na rua ao trabalho feito em casa. O segundo já requer um pouco mais de trabalho mas não é difícil. Pode até ser uma prenda gira para oferecer.
Se entretanto não me esquecer, o que é provável, vou usar a ideia dos balões no próximo aniversário da Maria. 
Ideias e fotos aqui, um blogue que vale a pena visitar. 




~