sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Blue moon, you saw me standing alone...Lá, lá, lá, lá...

http://www.publico.pt/Ci%C3%AAncias/esta-sextafeira-a-lua-vai-ser-azul-ou-quase-1561092

Flores #1

Comecemos por algumas fotos enquanto arranjo forças e alento para falar das férias que passaram num instantinho.
 Fajãzinha, onde fizemos logo um amigo sénior.
 Fajã grande, zona 'balnear'. Dava para dar uns belos mergulhos e fazer snorkeling. A temperatura da água era mesmo boa, rondava os 22º.
 Poço do bacalhau. Giro, giro.
 A casa mais ocidental da Europa. E a vaca também.
 Pormenor de uma das aldeias.
 O famoso 'sapo'. A estrada era tão concorrida, mas tão concorrida, que podíamos ter feito uma sesta no meio do alcatrão.
 Lagoa comprida e lagoa negra. Uma é verde, a outra escura.
 Decisões difíceis.
Estreia nas lapas. Nnham!

sábado, 18 de agosto de 2012

8 horas

Daqui a 8 horas voamos para os Açores. Ironia do destino também é daqui a umas horas que o pseudo furacão Gordon chega ao grupo oriental do arquipélago.  Não é por nada mas ele que fique por lá e não vá para o grupo ocidental, seria um grande galo andar há mais de 2 anos a ansiar por umas férias decentes e ter um furacão como companhia.  

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Lobo Ibérico

Através do Parlapiê fiquei a saber que o Grupo Lobo precisa de ajuda. Vejam todas as informações aqui.

"O Grupo Lobo apela aos sócios, “pais adoptivos”, amigos e simpatizantes para que, todos juntos, possamos continuar o desenvolvimento do projecto Centro de Recuperação do Lobo Ibérico (CRLI).
Este Centro foi criado em 1987 pelo Grupo Lobo com o objectivo de acolher lobos que não podem viver em liberdade: animais vítimas de armadilhas, de maus tratos e de cativeiro ilegal.

Os lobos que aqui encontram refúgio têm um importante papel na conservação desta espécie, sendo verdadeiros embaixadores dos lobos em liberdade junto da opinião pública motivando-a para a conservação do último grande carnívoro do nosso País.

Todos os anos, milhares de jovens e adultos têm a oportunidade de ver, pela primeira vez um lobo, quando visitam o Centro, sendo informados dos perigos que corre esta espécie ameaçada de extinção em Portugal, ao mesmo tempo que lhes é disponibilizada informação sobre a sua biologia e ecologia.

Hoje, a continuação do CRLI está em risco e depende da aquisição dos 17 hectares de terreno onde actualmente se localiza.

O Grupo Lobo apela a todos no sentido de contribuírem, na medida da disponibilidade de cada um, para a compra destes terrenos tão importantes para este projecto. Qualquer donativo, por pequeno que seja, pode fazer a diferença; todos juntos, podemos fazer com que o Centro continue por muitos mais anos a contribuir para a conservação do lobo, o último grande predador da fauna portuguesa.

Para apoiar este projecto visite a página da campanha em http://www.indiegogo.com/IberianWolf?a=848902&i=emal

Com a vossa ajuda vamos continuar a nossa missão, dando a conhecer o lobo, elemento fundamental dos ecossistemas ibéricos, personagem de tantos contos populares, e dando um contributo decisivo para a sua conservação!"