sábado, 22 de novembro de 2014

Devagarinho

A hera toma conta de tudo o que se aproxima. As pedras, o muro, o portão e agora a velha bicicleta encostada que não fazemos questão de tirar dali. O verde ajuda a esquecer o cinzento destes dias.
No vaso, as hortensias que aprendemos hoje a plantar quando a Maria meteu conversa com um senhor que por acaso é jardineiro: um talo da flor com pelo menos dois rebentos enterrados. Será que é desta?