quinta-feira, 28 de outubro de 2010

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Há vida para além da crise



Eu já não posso ouvir falar na crise. Palavra de honra que não posso. Já não vejo telejornais, não leio notícias relacionadas com o aumento do IVA ou da Euribor, estou em negação. Esta 'negação' não significa que eu não dê importância ou que não quero saber. O meu problema é que já não suporto ouvir falar disso.
Ainda assim deixo-vos umas fotos de uma das nossas medidas anti-crise. :) Como sabem temos os arbustos plantados ao longo do muro do vizinho para abafar a chapa verde. Ora como o muro de pedra deixa passar alguma água quando regamos os arbustos resolvemos aproveitar essa água excedente para regar uma mini horta em banda*. Como temos uma cadela muito...activa...cof cof...o sr.AC fez uma pequena vedação com as telhas antigas. Agora falta encher o canteiro de terra boa e plantar uns espinafres, umas nabiças, alhos, uns tomates...
*a brincar, a brincar, no outro dia paguei quase 4 euros por um repolho e um nabo. Como diria a minha avó "está tudo pela hora da morte", o que me leva a crer que a hora da morte deve ser altamente inflacionada. :)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Centopeias e courgettes

Ora bem, ontem fui mordida por uma centopeia gigante. Lá em casa nós temos um sistema altamente complexo de classificação de centopeias e que é qualquer coisa como "centopeia boa" e " centopeia má", sendo que as "boas" são menos más que as "más" porque centopeia boa é coisa que à partida não existe. A centopeia que me mordeu era das "más" e já está no cantinho do inferno dedicado exclusivamente à bicharada feiosa que morde as pessoas sem mais nem menos. A coisa aconteceu muito rapidamente: fui buscar a caminha da Dixie que estava no telheiro e ao puxar a toalha de praia que estava por baixo senti uma ferroada no meu dedo. Por momentos pensei que fosse um pico ou qualquer coisa do género mas quando dei um pontapé na toalha, proferindo talvez uma asneira repolhuda, a velhaca da centopeia saiu. Não teve tempo de ver a luz do dia e o meu chinelo caiu-lhe em cima e ainda levou umas bombadas de insecticida. Menos mal para mim que a mordidela não é assim tão dolorosa e assemelha-se a uma picada de abelha. Mas ficou o susto e o nojo. Blhéc.
E o que é que as courgettes têm a ver com o caso? Nada. Queria manifestar apenas o meu desagrado perante o pessoal que tem a mania que come cenas muito saudáveis e diz que "ah e tal a sopa com courgette não precisa de batata, fica igual!". Igual o tanas, parece sopa de hospital. É isso e dizerem-me que o tofu e o seitan bem cozinhados (sublinham sempre o bem cozinhado para nos poderem depois culpar) sabem a carne "e nem notas a diferença". Ou que os enchidos vegetarianos são "tal e qual uma alheira de mirandela".
É que é igualzinho. Tal e qual...

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Parabéns Moni 10-10-10


Ela é gira todos os dias.

Ela é A princesa

Ela faz um bolo num pyrex a 200º que é um espectáculo

Ela é arraçada de morcego

Ela fala de anticorpos monoclonais, sequências de DNA e outras coisas de que eu não percebo peva

Ela já é...ui....trintona.


PARABÉNS Ó MONIQUITA!!!*


codename claro está, que princesa que se preze tem nome fino. ;)

Sofrer por antecipação

...
Não gosto nada quando muda a hora.




(eu sei, eu sei, faltam 2 semanas mais coisa menos coisa)

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Partir a loiça toda

Comprámos há uns tempos atrás uns pratos do IKEA. Coisa simples, branquinhos, a um preço muito simpático. Pois que em 12 pratos (6 rasos, 6 sopa) uns 5 já têm uma lascadela feia. Ou o barato sai caro ou andamos com mãos de manteiga. A ver...

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

então é assim

As paredes da nossa querida casa de banho estavam muito 'despidas'. Vai daí e começámos a pensar no que poderiamos fazer para dar um pouco de alegria e cor ao espaço. Pensámos incialmente em fotografias mas não podiam ser fotografias nossas porque não me parece muito bem estar no wc a olhar para a nossa própria cara ou para a cara do nosso mais que tudo. A solução era colocar nas molduras paisagens ou pormenores. Mas, já não sei bem a que propósito, lembrámo-nos das tatuagens old school do Sailor Jerry que na sua maioria retratam motivos náuticos. Como o mar tem tudo a ver connosco e com a Alegre Casinha escolhemos 6 imagens para alegrar aquela divisão da casa. Quando estivermos fartos temos bom remédio e trocamos de 'tema'.
As fotos não ficaram grande coisa mas o resultado é este:


segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Adivinha

Onde moram estas tatuagens old school do Sailor Jerry? *




*não, não moram na minha pessoa.




Balanço, balancinho, balancete


Dixie Biela foi operada depois daquele encontro imediato com o caozarrão-amarelo-se-o-apanho-faço-lhe-a-folha. Já está em casa a recuperar mas ainda está murchinha, sem comer nada. Volta e meia vai abanando o rabiosque e dando umas lambidelas, o que nos parece bom sinal. A costura é grande (fartei-me de ter pesadelos esta noite, parecia que estava no meio de um SAW) mas parece estar a cicatrizar bem. O problema é o 'funil' que ela tem de usar para não ter a tentação de mexericar na costura. Não gosta daquilo mas é um mal necessário.
Entretanto ontem foi dia de ventania aqui para os nossos lados e o novo telhado e o telheiro dos carros passaram na dura prova. Até ver está tudo no sítio.