segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Fim-de-semana bem bom

Sábado
Conseguimos tratar finalmente do carro e já arranjámos um substituto para as nossas 2 viaturas que ora estavam velhas e a beber gasolina como eu bebo sumo de laranja (o meu carro) ou só tinham 2 lugares, o que numa família em crescente não dá jeito (o carro do Sr. AC). Menos uma chatice, menos um peso.

Domingo
12 pessoas à mesa para almoçar e 2 cadelas cheias de energia para destabilizar. Muito bom. Mesa cheia de comidinha boa (parece que uma tal lasanha de frango ganhou o prémio), sumo de laranja com hortelã feito pela menina precavida que para além de um sacão de laranjas até trouxe espremedor de citrinos, crumble de maçã quentinho, pão e queijos, vinhaça, mega torta de cenoura da mãe da LadyJu, bolo de coco da princesa, patés improvisados mas muito bons, salada e outras tantas coisas para animar a malta.

Flores de campo oferecidas pela menina das laranjas

Lareira acesa para aconchegar. Muitas conversas cruzadas, uma viagem a Cabo Verde outra à Guiné. Promessas de peixe do Algarve pela Loira que aos 5 anos já andava na faina (hei, não são palavras minhas, ok? Foi uma tal Ruiva que disse…)
Às tantas descobri um segredo. Eu sabia que ninguém podia manter o mesmo aspecto há 10 anos sem uma ajudinha. Bom mesmo foi que a minha pessoa teve direito a ficar com o resto do pacote. Se repararem algo diferente em mim, já sabem! ;)

Chá "Beleza Africana"

O tempo esteve arisco mas depois do almoço permitiu um mini passeio para encher o peito de ar fresco e as botas de lama. De volta a casa, tínhamos o sofá à nossa espera e o sobro a crepitar na lareira.
Gosto de Domingos assim. De muita conversa à volta de uma mesa. Da casa cheia de gente que gosta de rir. De vocês.

3 comentários:

  1. A Alegre Casinha é uma excelente anfitriã, que deixa saudades, logo ao sair do portão!

    Obrigada

    ResponderEliminar
  2. Sua Tonicha! Obrigada! ;)

    Beijinhos mil

    ResponderEliminar
  3. Peço desculpa mas tou cheia de inveja.... :$
    isto dos blogues tem este defeito, ao fim de uns quantos meses, sentimo-nos já efeiçoados a pessoas que, nunca vimos! Uma parvoeira.
    Mas desejo-vos a continuação de uma vida assim boa e recheada de bons amigos.

    ResponderEliminar